NOTÍCIAS

03/09/2018

Em parceria com TCE/SE e Receita Federal, CRCSE realiza Seminário sobre eSocial para a Administração Pública

Por Ana Paula Machado

A manhã do último dia de agosto, 31, foi de conhecimento para mais de 300 profissionais municipais e estaduais da administração pública. O auditório do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE) ficou lotado, com servidores que, atentos, participaram do evento. O Seminário foi fruto da parceria do Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe (CRCSE), do TCE/SE e da Receita Federal.

Para compor a mesa que deu início ao Seminário estiveram presentes o presidente do CRCSE, também servidor da Corte de Contas, Vanderson Mélo, o coordenador de controle interno do TCE/SE, Fábio José da Silva, o procurador geral do Ministério Público de Contas, João Augusto dos Anjos Bandeira de Mello, o secretário-chefe da Controladoria Geral do Estado (CGE), Eliziário Silveira Sobral, o vice-presidente de desenvolvimento operacional do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Aécio Prado Dantas Júnior e o auditor fiscal da Receita Federal em Aracaju, Ricardo Celso Ulisses de Melo.

Segundo o presidente do CRCSE, Vanderson Mélo, o Seminário teve como ponto principal capacitar os participantes para o uso da ferramenta que se torna obrigatória em janeiro de 2019.

"O eSocial unifica as informações fiscais, previdenciárias e trabalhistas dos empreendedores em um banco de dados administrado pelo Governo Federal, integrando dados do Ministério do Trabalho, da Caixa Econômica, da Secretaria de Previdência e do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além da própria Receita. Estamos felizes em mais uma vez trazer informações para as pessoas que vão precisar da ferramenta para trabalhar de forma ágil e eficaz".

O vice-presidente de desenvolvimento operacional do CFC, Aécio Prado Dantas Júnior, ressaltou a importância de realizar eventos para esclarecer dúvidas sobre o eSocial. "Esses momentos são extremamente oportunos, pois quando nos vemos de frente com novos sistemas cria-se uma angústia, apreensão com relação a toda essa mudança, que é muito significativa e precisamos estar atentos a isso para sabermos lidar e inserir as informações dentro da ferramenta do eSocial de forma correta".

O Seminário foi composto de três palestras a primeira, ministrada pelo auditor da Receita Federal, Nilson Lima, que apresentou os ‘Aspectos Gerais do eSocial`. "O que nós temos aqui é um amplo esforço que vai culminar com desburocratização, facilitar a administração pública. Obviamente, isso pressupõe mudança de cultura da organização administrativa, mas os frutos são muito promissores".

A segunda palestra ficou por conta do analista de controle externo II do TCE/SE, Fernando Marcelino que falou sobre ‘eSocial, Inovações Tecnológicas e Controle Externo`. Para finalizar a sequência de palestras o vice-presidente de controle interno do Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais (CRCMG), Milton Mendes Botelho, explanou para os participantes sobre o ‘eSocial na Administração Pública`.

"Abordamos aqui o impacto que vai causar nas rotinas da área de Recursos Humanos. O município, por exemplo, é o ente federal mais carente de capacitação técnica. É papel nosso preparar estes órgãos para receberem o eSocial, trazer as informações sobre o impacto que essa mudança vai trazer a partir de janeiro. A principal mudança é mesmo nas rotinas, há necessidade de toda equipe entender o funcionamento para não haver falhas e depois punições. Mas nosso principal papel aqui foi de proporcionar tranquilidade aos colaboradores no uso da ferramenta".

Ao final do evento os palestrantes tiraram dúvidas em torno do tema com os presentes, que puderam também participar da entrega simbólica de latas de leite que foram arrecadadas como quesito para a inscrição no evento. Ao todo foram cerca de 700 latas de leite entregues ao Lar Infantil Cristo Redentor (LICRE), que fica localizado na capital sergipana.