NOTÍCIAS

31/01/2019

CRCSE e órgãos públicos se reúnem para realizar Campanha ‘Destinar’ 2019

O Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe (CRCSE), por meio do Programa de Voluntariado da Classe Contábil (PVCC), começou o ano se reunindo com entidades parceiras na campanha ‘Destinar` 2019. A campanha, que segue com o mesmo slogan de 2018 ‘Escolha mudar a vida de muitos sergipanos`, tem como objetivo deixar a população informada sobre como destinar parte do Imposto de Renda ao Fundo de Defesa da Criança e do Adolescente.

No ano que passou, a campanha contou com a parceria entre Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe (CRCSE), Receita Federal e Prefeitura Municipal de Aracaju, através da Secretaria de Assistência Social. Neste ano, a parceria ganhou a adesão do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Inclusão Social. Esses órgãos entraram em consenso para realizar uma campanha de maior alcance, contando com a apoio de órgãos como o Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE), o Ministério Público Federal em Sergipe e Tribunal Regional do Trabalho da 20ª região.

Na última quarta-feira, 30, representantes das entidades parceiras estiveram visitando esses órgãos para falar sobre a importância de conscientizar os profissionais que atuam nos respectivos órgãos sobre a destinação do imposto para os fundos municipais da criança e adolescente do Estado de Sergipe. Durante as reuniões foram apresentadas as propostas da campanha e o que é possível ser feito com o valor arrecadado.

"Os encontros com as entidades fazem parte do planejamento da campanha, pois tem como intuito sensibilizar os contribuintes de importantes órgãos públicos, que são destinadores em potencial. E a receptividade dos dirigentes desses órgãos tem sido muito positiva", ressaltou o presidente do CRCSE, Vanderson Mélo.

De acordo com o Delegado da Receita Federal em Aracaju, Marlton Caldas, as visitas aos órgãos visam a organização das ações. "Com as visitas buscamos o apoio para a realização de ações dentro das instituições para falar sobre o processo de destinação do IR. Com isso, conseguiremos fomentar nos servidores, magistrados e demais profissionais que integram o corpo de trabalhadores a vontade de colaborar com essa iniciativa que tem como acarreta em muitos benefícios para as nossas crianças e adolescentes".

"O que nós queremos é informar ao maior número de parceiros em potencial sobre a importância da destinação de parte de seu Imposto de Renda. Existem instituições em Sergipe que já realizam um belo trabalho, mas que poderiam ter suas atividades ampliadas com a chegada de mais recursos. Nosso objetivo é realizar essa campanha com total controle e transparência, para que as pessoas possam ter a segurança de realizar a destinação", explicou a vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino.

 

`Destine uma parte do seu imposto de renda em um futuro melhor`

Com a destinação, 3% do valor que iria integralmente à Receita Federal passa para o Fundo da Criança e do Adolescente, que lançará um Edital Público para que instituições que trabalham pela proteção de crianças e adolescentes possam apresentar projetos e concorrer aos recursos.
Em 2018, após a campanha promovida pelos órgãos envolvidos, os fundos receberam mais de R$ 170 mil, um aumento de 148% do valor arrecadado, comparando ao ano de 2016. Em 2019, a expectativa é de que o fundo consiga atingir a marca dos R$ 500 mil em arrecadações por parte da destinação do imposto de renda.

 

Presenças

Durante as reuniões da última quarta-feira, também marcaram presença, a presidente do TRT 20, Vilma Amorim, o conselheiro e presidente do TCE, Ulices Andrade, o procurador-chefe do Ministério Público Federal de Sergipe, Rômulo Almeida, o procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), João Bandeira de Mello, a secretária Municipal da Assistência Social, Rosane Cunha; a secretária de Estado da Inclusão, da Assistência Social e do Trabalho, Lêda Lúcia Couto, a integrante do Conselho Federal de Contabilidade, Maria Salete Barreto Leite e o superintendente da SEIT, João Andrade Vieira.