NOTÍCIAS

03/04/2019

`Escolha mudar a vida de muitos sergipanos`, lançamento da Campanha Destinar 2019

Desde o ano de 2018 o Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe (CRCSE), por meio do Programa de Voluntariado da Classe Contábil (PVCC), uniu forças com a Receita Federal em Sergipe e a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) para realizar a Campanha Destinar, tem como objetivo conscientizar os municípios sergipanos e a população na destinação do Imposto de Renda Pessoa Física devido para o fundo da criança e do adolescente. A campanha deste ano ganhou o reforço do Governo do Estado de Sergipe, através da Secretaria Estado de Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social.

E na manhã deste terça-feira, 02, foi lançada a Campanha Destinar 2019, em solenidade no auditório do Palácio dos Despachos, e contou com a presença do governador do Estado de Sergipe, Belivaldo Chagas, da vice-governadora, Eliane Aquino, do delegado da Receita Federal em Sergipe, Marlton Caldas, do presidente do CRCSE, Vanderson Mélo e a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Luzijan Aragão de Almeida.

Segundo o presidente do CRCSE, Vanderson Mélo, o lançamento mostra que a campanha está tendo o alcance almejado. "A solenidade de hoje representa mais uma etapa dessa campanha que já é vitoriosa, pois está conseguindo tocar o coração das pessoas em relação à importância da destinação em favor das crianças e adolescentes carentes. E teremos todo o mês de abril para reforçar com os colegas profissionais de contabilidade o nosso importante papel junto aos nossos clientes para aumentar ainda mais o volume de recursos destinado", frisou o presidente.

De acordo com a vice-governadora, Eliane Aquino, o papel das entidades envolvidas na campanha neste momento é fazer com que as entidades que receberam os valores em 2018 prestem contas para que mais crianças possam ser inseridas no processo.

"Nós conseguimos, já no ano passado, um aumento no Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de 67% no valor arrecadado. Isso significou que a prefeitura municipal de Aracaju fez o edital e nove entidades receberam um valor de quase 60 mil reais cada uma, agora o nosso papel enquanto Conselho, enquanto entidade, Conselho de Contabilidade, Receita Federal, Ministério Público, é trabalhar para que essas entidades prestem conta do valor que receberam e deem maior transparência possível ao processo, assim nós poderemos incluir muito mais crianças em projetos sociais e teremos uma possibilidade imensa" disse Eliane.

"Daqui há uns cinco dias, já saberemos qual o volume doado em março daqueles contribuintes que já entregaram a declaração, e a gente espera que até 30 de abril tenhamos um resultado bem significativo, para que consigamos avançar e destinar mais recursos para esses fins", declarou o delegado da Receita Federal em Sergipe, Marlton Caldas.

A coordenadora do PVCC em Sergipe, Lana Veiga,a continuação da campanha é importante para que mais pessoas e municípios de Sergipe estejam conscientes da destinação do Imposto de Renda. "Estamos com a sensação de dever cumprido, desde dezembro de 2018 todos nós trabalhamos para a Campanha e ouvir na solenidade de abertura, do governador, que o próprio nunca contribuiu e que, a partir de agora, será um contribuinte ativo na campanha isso é gratificante. O papel dos profissionais de contabilidade é de suma importância para o sucesso da destinação", explicou Lana.

Em 2018 as entidades contempladas por meio de um edital público foram: Grupo de Apoio da Criança com Câncer de Sergipe (GACC), o Centro de Integração Raio do Sol (Ciras), Instituto Beneficente Emanuel (Ibem), Instituto Pedagógico de Apoio a Educação de Surdos em Sergipe (Ipaese), Associação Beneficente Santa Terezinha do Menino Jesus e Oratório Festivo São João Bosco.

Participaram também da solenidade secretários de Estado, dos conselheiros do CRCSE Cleaylton Ribeiro, Josefa Iraildes, Jenilton Gomes, Juliana Alcântara e Cláudio Couto, de diversos contadores e de representantes de entidades parceiras no projeto.

 

Destinação

Com a destinação, 3% do valor que iria integralmente à Receita Federal passa para o Fundo da Criança e do Adolescente, que lançará um Edital Público para que instituições que trabalham pela proteção de crianças e adolescentes possam apresentar projetos e concorrer aos recursos.

Em 2018, após a campanha promovida pelos órgãos envolvidos, os fundos receberam mais de R$ 170 mil, um aumento de 148% do valor arrecadado, comparando ao ano de 2016. Em 2019, a expectativa é de que o fundo consiga atingir a marca dos R$ 500 mil em arrecadações por parte da destinação do imposto de renda.

 

Fale com o Presidente

Eventos